RSS

Renda da classe C

08 fev

O avanço da economia brasileira nos últimos 5 anos tem estreita relaçao com o surgimento de uma Nova Classe Média, representada basicamente pela Classe C, formada por famílias com renda média mensal entre R$ 1,115 e R$ 4,807, segundo cálculos da Fundação Getúlio Vargas. Pois bem, um estudo da própria FGV, baseado em dados do IBGE, mostrou que em 2008, pela 1a vez na história do país, a renda dos 91 milhoes de brasileiros que fazem parte da Classe C foi maior que a soma da renda dos 19,4 milhoes de integrantes das classes A e B. Em termos percentuais, os lares de classe C detém agora 46% da renda nacional, enquanto as classes A e B, tradicionalmente dominantes na economia brasileira, ficam com apenas 44%. Os outros 10% sao das classes D e E.


Para dar uma idéia do que isso representa e da velocidade dessa mudança, basta dizer que em 2003 a classe C concentrava apenas 37% da renda. Esse pulo reflete o aumento real dos salários e o aumento da ocupaçao, em particular o emprego com carteira assinada. Hoje, cerca de 68% da nossa força formal de trabalho pertence a classe C.
Esse processo parece longe de acabar. Os próximos 5 anos devem testemunhar ainda mais desenvolvimento para essa turma. O que significa trabalho duro para as marcas que atuam no país. Afinal, por décadas, elas venderam apenas para o andar de cima da pirâmide social. Agora, precisam recuperar o tempo perdido e aprender a falar – e vender – para a Nova Classe Média Brasileira.

Por Blue Bus\ Luiz Marinho

Anúncios
 
Comentários desativados em Renda da classe C

Publicado por em 08/02/2010 em Uncategorized

 

Tags: , ,

Os comentários estão desativados.

 
%d blogueiros gostam disto: