RSS

Continuidade, poder de compra e prestígio do Brasil são motivos do voto em Dilma

30 ago

Por que 51% dos eleitores declara voto em Dilma Rousseff (PT)? Principalmente porque, entre todos os candidatos a presidente, ela é vista como “a que tem mais condições de dar continuidade ao governo Lula”. Mas não só por isso.
Segundo a maioria absoluta do eleitorado, Dilma é a melhor presidenciável para manter o poder de compra da população, assegurar o prestígio do Brasil no exterior e cuidar dos mais pobres.
O Ibope testou oito temas junto aos eleitores. Em apenas um deles, “melhorar a qualidade da saúde e dos hospitais do país”, José Serra (PSDB) se equiparou à petista como o mais apto a realizar a tarefa. Nos outros sete, a petista foi apontada por mais eleitores como a mais indicada.
A pesquisa também deixa claro que não é pelos atributos pessoais de Dilma seduz tantos eleitores. Dois em cada três votos vêm explicitamente da transferência de prestígio do presidente.
Nada menos do que 54% dos eleitores de Dilma citam como principal razão desse seu voto a continuidade do governo Lula, e outros 12% falam que votam nela porque é a candidata de Lula.
Apenas 8% creditam seu voto ao fato de ela ter “mais capacidade para governar o país”. Outros 5%, por sua história de vida, e 4% por ela ser mulher.
Entre os eleitores de Serra, o motivo mais citado para votar nele (34%) é porque ele tem mais condições de avançar na saúde, segurança e educação. Outros 27% citam sua capacidade para governar o país.
Assim como mais eleitores votam na petista, é esperado que, aos olhos do eleitorado, Dilma supere os adversários também na capacidade de realizar as tarefas listadas. Mas em três dos temas, ela se destaca mais do que em outros, pois atinge maioria absoluta.
Para 54% do total do eleitorado e 89% dos seus eleitores, Dilma é a melhor para “manter a nossa economia forte e o crescimento do poder de compra da população”. Só 26% apontam Serra, e 4%, Marina Silva (PV).
Surpreendentemente, 53% dos eleitores (e 89% dos dela) dizem que Dilma é a melhor para “manter o prestígio do Brasil no exterior”. Finalmente, 52% do eleitorado (e 87% dos que votam nela) aponta Dilma como a mais indicada para “dar atenção à população mais pobre”.
Como era de se esperar, o tema no qual Marina se sai melhor é “melhorar a preservação do meio ambiente”, com 19% das citações dos eleitores, contra 22% de Serra e 40% de Dilma.
Nos outros itens, os percentuais dos que apontam Dilma como a melhor presidenciável para realizar a tarefa variam de 44% (“melhorar o combate à corrupção”) a 49% ( “melhorar a qualidade da educação e das escolas públicas”), passando por 47% no caso de “melhorar a situação da segurança pública e do combate à violência”.

Por OESP/ Jose Roberto Toledo

Anúncios
 
Comentários desativados em Continuidade, poder de compra e prestígio do Brasil são motivos do voto em Dilma

Publicado por em 30/08/2010 em Uncategorized

 

Tags:

Os comentários estão desativados.

 
%d blogueiros gostam disto: