RSS

Usuários das redes sociais do país têm média de 231 seguidores, contra 120 da média global

14 abr

Em seu novo relatório “Gems — Insights from emerging markets”, publicado no fim de semana passado (10 de abril), a empresa global de pesquisa TNS pesquisou o comportamento dos usuários de internet de países emergentes e concluiu que, nessas regiões, a relação dos internautas com a rede é culturamente mais diversificada — e emocional — do que nos mercados desenvolvidos.

O Brasil destacou-se particularmente pelo intenso uso da mídia social, que torna o país o líder absoluto em relacionamentos via internet. “Os brasileiros têm mais amigos nas redes sociais do que em qualquer outro lugar do mundo. Em média, são 231 amigos por pessoa (número que sobe para incríveis 357 entre os que acessam a internet via mobiles), contra média de 176 na América Latina e de 120 em nível global”, afirmou Wander Meijer, chefe de pesquisa global da TNS e responsável pelo segmento da América Latina na pesquisa.

O estudo mostra também que, contrariando a tendência internacional, não é no Facebook que os brasileiros mais cultivam suas amizades virtuais: 94% dos usuários dos sites de relacionamento têm contas no Orkut (que atrai 72% dos usuários de internet do país), comparados a 38% do Twitter, 36% do Facebook e 21% do MySpace; LinkedIn e Friendster seguem de longe, com respectivamente 7% e 1%.

O Orkut também se destaca pelo volume dos amigos/seguidores por usuário — 80% deles são acompanhados por média de 293 pessoas. Já no Twitter, a média é de 296 seguidores para apenas 7% dos usuários; no Facebook, 201 para 7%; no MySpace, 235 para 2%; e no LinkedIn, 73 para apenas 1%.

“A internet não é apenas uma ferramenta de trabalho para os internautas brasileiros e latino-americanos. Eles são bem conhecidos por sua natureza comunicativa, e não surpreende que tenham abraçado a mídia social”, observa Meijer.

Mas, por outro lado, a pesquisa também mostra que nem todos os brasileiros são adeptos das redes sociais. Mais da metade (53%) dos consultados não pretendem aderir a nenhum site de relacionamento no futuro. Entre os abertos à possibilidade, 26% participariam do Twitter, 15% do Facebook, 12% do MySpace, 3% do Frienster, e apenas 1% do Orkut (sinal de que o site do Google está perdendo a popularidade?)

Internet na América Latina

Com mais de 200 milhões de internautas, aponta a pesquisa, a América Latina hoje representa pouco mais de 10% dos usuários globais de internet. Mas como concentra apenas 5% da população mundial, a penetração regional da rede atingiu 38% em 2010.

O Chile liderou em penetração, com 50% da população conectada, o que justificou o menor crescimento anual da internet no país — 16%, comparados a 37% na Colômbia, 25% na Venezuela, 22% na Argentina e 20% no México. No Brasil, que tem segundo maior índice de penetração (35%), o avanço foi de 19%.

Leia relatório completo

Anúncios
 
Comentários desativados em Usuários das redes sociais do país têm média de 231 seguidores, contra 120 da média global

Publicado por em 14/04/2011 em Uncategorized

 

Os comentários estão desativados.

 
%d blogueiros gostam disto: